Arquivo da tag: Lista

5 CLIPES NACIONAIS (INCRÍVEIS) PARA VOCÊ ASSISTIR

Por Natalia Salvador

Durante o auge do pop e da MTV, os clipes musicais eram o carro chefe das bandas e artistas, além de uma das principais ferramentas para buscar a atenção do público. Com o surgimento e popularização do streaming foi possível notar uma diminuição na volumetria de produções audiovisuais, mas, por outro lado, a qualidade não deixa nada a desejar. Cada vez mais bem produzidos, os videoclipes continuam prendendo o telespectador nas telas. O Canal RIFF selecionou 5 vídeos lançados recentemente e que vão fazer o seu play valer a pena – e até um replay. Confira!

1) Stereophant – Homem ao Mar

Às vésperas de lançar um novo álbum – Mar de Espelhos -, a banda carioca Stereophant, já deu o ponta pé inicial para o novo ciclo com o clipe de Homem ao Mar, primeiro single que contou com uma superprodução audiovisual! Além de narrar a história da canção, o vídeo traz referências à outras faixas do novo disco, envoltas em um contexto lírico e conceitual.

A direção ficou por conta de Hugo Gama e Fabrício Abramov, que também é baixista da banda. “Quando chegaram com a ideia do clipe, foi uma responsa em dobro pra mim. Primeiro, pela questão da produção e logística serem muito complicadas e, segundo, que por eu ser da banda e saber o quanto trabalhamos e acreditamos nesse disco, um clipe à altura do primeiro single era um grande desafio. Quando finalmente fomos pro mar gravar foi um momento muito especial e de muita união. Todos deram o sangue pelo projeto, a gente mergulhou na história junto com o personagem. A impressão que eu tenho é que toda a equipe viveu a história da música!”, conta Abramov.

2) Comodoro – Doce

O clipe de Doce é o primeiro trabalho audiovisual da banda Comodoro. Com muitas cores, carinhos e guloseimas, a banda carioca dá mais um passo na carreira e mostra que veio para ficar. O som dançante e a irreverência dos músicos, principalmente de Fred Rocha, vocalista, que rouba a cena nos palcos, não vai te deixar ficar parado.

O vídeo tem direção de Diego Zimmermann e direção de fotografia de Rodrigo Galha. Além do single, o grupo – que também conta com Roberto Carneiro, Saulo Arctep, Thiago Garcia, Luiz Felipe Caetano e Mateus Nagem – tem um EP lançado, Livre, com 5 músicas e o projeto é liberar, até o fim de 2017, um álbum completo.

3) O Terno – Não Espero Mais

Carinhosamente apelidados de “Ok, Go brasileiro”, mais uma vez a banda O Terno surpreendeu com o lançamento do clipe de Não Espero Mais. A faixa compõe o terceiro disco do trio, Melhor do que Parece, e o vídeo conta com grandes clássicos da internet, que vão desde ‘Pedro me da meu chip’ e Luisa Marilac a Gretchen e John Travolta.

“Não imaginava O Terno tocando essa música. Tinha essa coisa de ‘estou feliz, estou na rua, eu gosto de você’. É uma canção simples”, afirmou Tim Bernardes em entrevista. Para complementar, o vídeo ainda conta com participação de Liniker, cantando via chamada de vídeo.

4) Medulla – Abraço

Deus e o Átomo já rendeu boas críticas ao grupo Medulla, entre as músicas favoritas dos fãs, Abraço foi a escolhida para ganhar o primeiro clipe do álbum. A melodia envolvente traz às telas um conteúdo adulto, que retrata diferentes tipos de relacionamentos com cenas intensas de sexo e envolvimento.

A música é quase um trip hop, mas tem uma sonoridade sensual e uma letra leve, que contrastam com a sequência de imagens, fazendo com que o clipe adquira uma estética sensual e contagiante. O vídeo foi inspirado nos  filmes da Erika Lust, diretora sueca de filmes eróticos considerados “pornografias feministas”.

5) Alarmes – Gruta

Com o intuito de tirar o telespectador de sua zona de conforto, o novo clipe dos brasilienses da banda Alarmes mostra os integrantes em situações desconcertantes. Segundo declarações dos músicos, o objetivo do projeto era justamente deixar o telespectador decidir se deve assistir até o fim ou não. Gruta conta com direção de Lucas Furtado, baixista da banda Scalene e também diretor de Incerteza de um Encontro Qualquer.

“Por mais que as pessoas estejam interagindo com a gente, estamos focados em olhar para um ponto específico e cantar. O objetivo é mostrar que, as vezes, a gente esquece ou se deixa levar pelo sentir nada quando várias coisas estão acontecendo”, afirmou Arthur Brenner, vocalista. Em sua conta pessoal no twitter, Gabriel Pasqua, baterista, afirmou não ter sido obrigado a apanhar no vídeo e que até gosta – ficamos mais aliviados!

E ai, conta pra gente o que você achou dos últimos trabalhos audiovisuais brasileiros.

Anúncios

Os cincos vídeos mais bem-humorados do Foo Fighters!

Por Tiago Bruno

O Foo Fighters é, sem dúvidas, uma grande banda com diversas qualidades. No entanto, além da sua qualidade musical, precisamos admitir que a banda ganha muitos fãs com seus clipes bem elaborados e divertidos. Alguns dos mais famosos possuem certa aleatoriedade e um bom toque de humor. Ao abraçar algo que poderia ser visto como embaraçoso, transformam em algo genial. Utilizam-se do humor simples somado a grandes produções para surpreender seus fãs a cada lançamento.

Dirigido por Dave Grohl e lançado hoje (1º de junho) de surpresa para divulgar as datas da nova turnê internacional, “Run” é mais um dos clipes produzidos por Dave para a sua banda, assim como “Rope” e “Monkey Wrench”.

Embalados pelo lançamento, trazemos a vocês os cinco clipes mais bem-humorados da banda:

1 – Learn To Fly

Os membros interpretam diversos papéis em um voo de avião com problemas de turbulência. A banda acaba aterrissando a aeronave e salvando a todos. O clipe ainda conta com a participação, mais que especial, do Tenacious D. De longe um dos vídeos mais bem-humorados da banda e uma das músicas mais populares também.

2 – Long Road To Ruin

A banda interpreta personagens de uma novela antiga. Dave Grohl vive seu alter ego Davy Grolton, um protagonista muito sentimental e egocêntrico.

3 – Everlong

O clipe se passa nos sonhos de Dave e circula por vários cenários: uma festa alternativa, um filme de terror e etc… Assim como quase em todos os vídeos da banda, Dave e Taylor fazem um casal.

4 – Big Me

Levando de um jeito divertido, o clipe reproduz comerciais de bala, aparentemente a Mentos, criando a “Footos”. Durante o clipe, feito intencionalmente em uma qualidade baixa e com formato clichê, todas as adversidades que aparecem são resolvidas ao colocar uma bala na boca e, é claro, com uma propaganda.

5 – Breakout

A história se passa em um cinema no estilo “drive-in”. Dave interpreta uma pessoa tímida e que vai a um encontro. Devido a sua timidez e tranquilidade, seu personagem é ofendido das mais diversas formas, até que surta e dá o troco.


Qual o seu clipe favorito do Foo Fighters?

Lista: 7 álbuns do mês de julho pra você ouvir agora!

Por Felipe Sousa | @Felipdsousa

Algum riffeiro por aí consegue adjetivar o ano 2016? É, já foram sete meses onde muita coisa doida aconteceu. Muita coisa boa também. Concorda? E no mercado da música, também estamos com aquele sentimento de “onde estamos?”. Grandes bandas retornando, antigas formações se reunindo, novas aparecendo e é claro, grandes apostas nacionais se reinventando e lançando coisa boa.

Então listamos aqui sete álbuns do mês de julho pra você ouvir e se divertir!

1. Camisa de Vênus – Dançando na Lua

Camisa de Venus

No dia 22 de julho a Camisa de Vênus, junto com a gravadora Radar Records, lançou o seu primeiro álbum de estúdio após 20 anos. E os caras continuam com um rock and roll clássico, cheio de críticas sociais e políticas. Vale a pena dar um confere.

2. Descendents – Hypercaffium Spazzinate

descendents-720x423

Mais uma grande banda que retorna aos holofotes do rock! Depois de 12 anos do seu último álbum, os Descendents lançam o Hypercaffium Spazzinate. Depois do álbum ter vazado, os fãs da banda ousaram dizer que esse seria o melhor já produzido pela banda.

3. Billy Talent – Afraid Of Heights

billy-talent

Afraid Of Heights é o quinto álbum da carreira da banda canadense, quem vem com força no rock desde 1993. Esse é o primeiro disco depois da saída do baterista Aaron Solowoniuk, que se trata de  graves problemas de saúde. Sem dúvidas esse é um dos melhores lançamentos desse mês – e até do ano.

4. Supercombo – Rogério

Rogério Supercombo

Depois de participar em 2015 do SuperStar, da Rede Globo, o Supercombo apareceu para o grande público e vem conseguindo levar muita gente ao seus shows. No último 22 de julho a banda lançara Rogério, um álbum que conta com a colaboração de vários nomes do rock nacional (principalmente de quem tá emergindo agora) como: Gustavo Bertoni (Scalene), Emmily Barreto (Far From Alaska) e Lucas Silveira (Fresno), entre outros. Embora Rogério ainda tenha letras que falam de temas existencialistas, ele deixa um pouco de lado a pegada “bad vibe” do álbum anterior Amianto. Som mais rasgado, com guitarras gritadas.

5. Cachorro Grande – Electromod

img-1038491-cachorro-grande

Psicodélico no álbum anterior, os gaúchos do Cachorro Grande chegam agora como Electromod, oitavo álbum de estúdio dos gaúchos. Nele, temos guitarras cheias de riffs e uma pegada eletrônica dando uma cara bem diferente ao álbum.

6. Blink-182 – California

California

O Blink-182 volta à cena com nova formação, com Matt Skiba assumindo os vocais no lugar de Tom De Longe – e com a gravadora Warner Music. O lançamento de California deixou os fãs em êxtase. E,não foi à toa – dá uma sacada que tá muito bom!

7. Steven Tyler – We’re All Somebody From Somewhere

steventylersomewhere

No seu primeiro álbum de estúdio, o vocalista do Aerosmith, Steven Tyler, deixa um pouco de lado o Hard Rock da sua banda principal e traz aos fãs um disco country. Embora, talvez na tentativa de agradar os fãs do Aerosmith, ainda se note uma bateria com um timbre bem pesado e algumas levadas de balada pop. Contudo, Steven é um ícone do rock, suas performances ainda são monstruosas. Vale a pena ouvir!


Ouça a playlist do mês no Spotify do RIFF:

E para você, qual lançamento do mês passado ficou de fora e merecia estar nessa lista? Comente!

5 shows imperdíveis que ainda irão acontecer no Brasil em 2016

Por Bruno Britto | @brunosbritto

Podemos dizer que 2016 tem sido generoso em relação a música no Brasil. Apenas no primeiro semestre, tivemos shows de bandas consagradas, como Coldplay, The Rolling Stones e os americanos do Maroon 5, espetáculo que esse humilde redator teve a oportunidade de conferir em Fortaleza. Após tão grandioso início de ano, diziam que não dava para melhorar.

O Canal RIFF vem mostrar através dessa lista que 2016 ainda está longe de terminar. Confiram cinco shows imperdíveis que ainda irão acontecer no nosso país até a virada do ano!

  1. Scorpions

Scorpions 106

Os alemães do Scorpions estão de volta, dessa vez trazendo até nós a “50th Anniversary World Tour”, em comemoração aos 50 anos de carreira. A voz poderosa e singular de Klaus Meine poderá ser ouvida em São Paulo nos dias 01/9, 03/9 e 04/9, todos no Citibank Hall. Fortaleza e Rio de Janeiro também, nos dias 08/9 e 10/9, respectivamente.

Por que é imperdível? Ouvir clássicos como Still Loving You e Wind of Change, percebendo como a banda parece não sentir os efeitos do tempo.

  1. Aerosmith

Aerosmith 2016

O Aerosmith dessa vez vem para o Brasil com a turnê “Rock n’ Roll Rumble – Aerosmith Style 2016″. Serão realizados três shows ao todo, sendo dia 11/10 em Porto Alegre, 15/10 em São Paulo e 21/10 em Recife. O grupo de Steven Tyler e Joe Perry já passou por aqui um total de seis vezes, sempre com apresentações memoráveis.

Por que é imperdível? Os últimos shows do Aerosmith foram memoráveis e a tendência é turnês como essa ficarem menos frequentes. Melhor aproveitar.

  1. Megadeth

Megadeth 2016

Um dos integrantes do chamado “Big 4 do Thrash Metal” retorna ao Brasil, já contando com o guitarrista Kiko Loureiro, para a divulgação do mais recente álbum do grupo, Dystopia. Serão realizados shows em São Paulo, Fortaleza, Belo Horizonte, Porto Alegre, Blumenau e Curitiba, entre os dias 07 e 18 de agosto.

Por que é imperdível? Dystopia foi um trabalho excelente e as apresentações com a nova formação, que além de Kiko também conta com Chris Adler e David Ellefson, estão sendo bastante elogiadas. A turnê parece ser imperdível.

  1. Black Sabbath

A lendária banda britânica Black Sabbath irá passar pelo nosso país com a sua turnê de despedida, “The End”. Toni Iommi, Geezer Butler e claro, Ozzy Osbourne, integrantes da formação original, serão acompanhados pelo baixista Tommy Clufetos, e realizarão shows em Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, nos dias 30/11, 02/12 e 04/12, respectivamente.

Por que é imperdível? É a turnê de despedida do Black Sabbath. Precisa falar mais alguma coisa?

  1. Guns N’ Roses

Guns 2016

Alguns anos atrás, diriam que o retorno do Guns N’ Roses era tão provável quanto Portugal vencer uma Eurocopa: sempre existiu a possibilidade, mas ninguém de fato acreditava muito. Fomos surpreendidos novamente.

Os shows serão realizados em Porto Alegre, dia 08/11, São Paulo, dia 11/11, Rio de Janeiro, dia 15/11, Curitiba, dia 18/11 e em Brasília, dia 20/11.

Por que é imperdível? Axl Rose, Slash e Duff Mckagan juntos em um palco. Se eu estiver sonhando, não quero ser acordado.


Menções honrosas: The Offspring, Whitesnake, Simple Plan

E qual mais você sugere?