Arquivo da tag: Sound Bullet

Resenha: Ceano, Sound Bullet e Broove na @Avenida Paulista

por Camila borges

São Paulo sem dúvida é o lugar onde se concentra o maior número de músicos, principalmente se for em um domingo ensolarado na famosa Avenida Paulista. O evento gratuito que rolou no domingo (22) pós feriado, entre vários outros que ocorriam naquele mesmo horário, trouxe as bandas Ceano, Sound Bullet e Broove tocando para quem quisesse ouvir.

Começamos pela Ceano, banda de Campinas que já havia se apresentado em São Paulo algumas vezes e que trouxe no seu repertório uma mescla de seus dois discos “O Último Andar” e “Índice”. Formada por André Vinco (voz e guitarra) Leonardo Rodrigues (baixo), Arthur Balista (bateria) e Otávio Oliveira (guitarra), a Ceano é uma banda independente que traz o som que vai do simples ao mais complexo, atingindo em cheio a atenção das pessoas que passavam despretensiosamente na grande avenida. Músicas como “Terminal”, “Décimo Quinto”, “A palavra saudade só existe em russo”, “Objeto de estudo n°0002”, “Náutica & Marina”, “A Represa”, “Laguna” e “Introdução à navegação” foram apresentadas diante de olhos curiosos e outros emocionados de alguns fãs que estavam por ali. Tivemos também a música “O homem que chorava”, contando com a participação de André Ribeiro (Banda Alaska). Talvez o que defina melhor a Ceano seja a parte intimista, são músicas do cotidiano, alegres, emotivas, são muitas sensações que se misturam. Melhor ouvir e se deixar levar por tudo isso.

A próxima é a Sound Bullet, banda carioca de indie rock com influências do post-punk revival e rock alternativo ao math rock. Formada por Guilherme Gonzalez (voz e guitarra), Fred Mattos (baixo), Rodrigo Tak-ming (guitarra) e Pedro Mesquita (bateria), já é conhecida como uma das bandas mais atuantes do atual cenário independente carioca. Trouxe consigo o repertório do Ep “Ninguém está Sozinho”, e do seu ótimo álbum “Terreno” onde conta histórias sobre humanidade, medo, alegria, entre tantos outros sentimentos que convivem conosco. Músicas como “Incorporar”, “Ambição”, “Doxa”, “O que me prende?”, “When it goes wrong”, “Em Um Mundo de Milhões de Buscas”, “Aceitar Perdão”, “Amanheci” e “Ser Só Um” fizeram parte da setlist. A banda teve um bom número de fãs que compareceram ao local cantando e dançando muito animados. Mas até quem não a conhecia deu seus passos sutis enquanto aproveitava o som das músicas. É um show que deve ser apreciado.

Última a se apresentar, a Broove que também vem de Campinas, tem no seu som uma mistura de MPB e rock com elementos do Soul e do groove. a setlist conta com as músicas como “Tema de Broove”, “Ícaro”, “Janeiro”, “Proa”, entre outras. Ainda contou com a participação de André Vinco (Ceano) na música “Sesdotempo”. Apresentou sua versão de “O homem que Chorava/ Onde a Poeira ainda Desce”, canções das bandas Ceano e Vagale. A Broove não deixou o público desanimar, e um destaque para o vocalista Bruno Lucas por sua simpatia e descontração. Foi um bom show para se aproveitar e sentir o fim de tarde.

 

Anúncios

Lançamentos: 21 Álbuns de setembro que você tem que ouvir

Por Felipe Sousa | @Felipdsousa

Nossa lista mensal de lançamentos está pronta. Confira alguns dos lançamentos mais legais do mês de setembro entre produções nacionais e internacionais.

E ah, aproveita e segue o RIFF no spotify. lá rolam várias playlists, incluindo a dos lançamentos.

Bora ouvir:

 

Jake Bugg – Hearts That Strain

Um dos primeiros e mais legais lançados em setembro, o intimista “Hearts That Strain” é o quarto disco do Jake Bugg. O Sucessor de “On My One” (2016) tem 11 faixas, dentre elas o single “How Soon The Dawn”, e participações especiais de Noah Cyrus e Dan Auerbach (The Black Keys).

LCD Soudsystem – American Dream

Finalmente os nova-iorquinos do LCD Soudsystem retornaram de seu hiato de cinco anos. A banda de punk disco lançou em setembro o provocante e dançante “American Dream”.

 

Mogwai – Every Country’s  Sun

Eu não conhecia o som da banda escocesa Mogwai, e me surpreendi ao ouvir seu mais novo lançamento, o disco “Every Country’s Sun”. Me deparei com versos cantados instrumentalmente, belas guitarras gritando suavemente, ora não tão suaves, ambientes melódicos e também repletos de sujeira… curti! Ouça:

Motorhead – Under Cover

“Under Cover”, lançamento do Motorhead, é um disco com 11 faixas de covers executados pela banda durante toda sua carreira. Dentre eles, a inédita versão de “Heroes”, David Bowie.

Jack Johnson – All The Light Above It Too

“All The Light Above It Too” é o sétimo disco de Jack Johnson e contém dez faixas, dentre elas os singles “Sunsets For Somebody Else” e “You Can’t Control It”.

O músico aterrissa em terras brasileiras em novembro para shows em São Paulo e Rio de Janeiro. Algum riffeiro vai?

The National – Sleep Well Beast

Com a sua amargura poética e sonora, O The National retorna quatro anos depois de “Trouble Will Find Me” (2013) e explora o amor caótico do eu lírico em “ Sleepe Well Beast”. Com uma nova pitada eletrônica e o ambiente melancólico já tradicional da banda, o novo disco é mais um belo trabalho do quinteto. Eu me Amarro em The National. E você?

Neil Young – Hitchhiker

“Hitchhiker” traz dez canções originalmente compostas na década de 70 e que só agora Neil Young decidiu lançar – Algumas aparecem em outros trabalhos do cantor. Ouça:

Foo Fighters – Concret And Gold

Lançado no dia 15 de setembro, “Concret And Gold” é o nono disco da carreira do Foo Fighters e conta com participações de Justin Timberlake e Paul McCartney. Se liga na nossa resenha do disco.

E lembrando, o Foo Fighters vem ao Brasil em 2018 em turnê conjunta com o Queens Of The Stone Age. Os shows acontecem e fevereiro e março em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba.

Prophets Of Rage – Prophets Of Rage

O Prophets Of Rage é um projeto formado por membros de Rage Against The Machine, Public Enemy e Cypress Hill, e os caras acabam de lançar o seu primeiro álbum, homônimo. O disco tem doze faixas, incluindo os singles “Radical Eyes” e “Living On The 110”.

Ringo Starr – Give More Love

Com participação de Paul McCartney, o ex Beatles Ringo Starr lançou seu décimo nono disco solo, intitulado “Give More Love”. O disco está disponível em todas as plataformas digitais e você pode ouvi-lo abaixo:

The Killers – Wonderful Wonderful

Você curtiu ao álbum novo do The Killers? Eu curti. Uma das coisas que gosto nos Killers é que suas músicas podem ser ouvidas a partir de ordem nenhuma. As mais antigas ou as mais recentes caem muito bem nos ouvidos. E é por isso que gostei de “Wonderful Wonderful”. É The Killers.

The Horros – V

A banda britânica, que tem muita audiência no reino unido, The Horrors lançou o seu quinto disco de estúdio, intitulado “V”. O Disco conta com dez faixas e está disponível em todas as plataformas digitais.

The Neighbourhood – Hard

Os aguardadíssimos do The Neighbourhood lançaram em setembro o EP “Hard”. O registro contém cinco faixas e é uma prévia do seu novo álbum, que ainda não tem nome nem data de lançamento prevista.

Os caras também devem pintar no Lollapalooza Brasil em 2018 e provavelmente já com o álbum completo lançado. Ouça “Hard”:

Circa Survive – The Amulet

A banda norte-americana Circa Survive lançou “The Amulet”, seu sexto álbum de estúdio.  O disco conta com dez faixas, e dentre elas, “The Amulet”, “Lustration” e Rites Of Investiture” já ganharam clipes.

As Bahias e a Cozinha Mineira – Bixa

Raquel Virgínia, paulista, Assucena Assucena, baiana e o mineiro Rafael Acerbi formaram a banda, na época de faculdade, em São Paulo. E nesse mês de setembro eles lançaram o disco “Bixa”. O trabalho é inspirado em Caetano Veloso, e traz também sonoridades variadas com muitas batidas eletrônicas e MPB. Vale ouvir.

Maglore – Todas as Bandeiras

Mais um lançamento brazuca. E de uma das bandas mais legais do país. A Maglore acaba de lançar o ótimo álbum “Todas as bandeiras”. Você pode conferir nossa resenha do disco e já vai compartilhando esse dom massa da Maglore.

Tim Bernardes – Recomeçar

“Recomeçar” é o primeiro disco solo do cantor e compositor Tim Bernardes. O paulistano, que é vocalista da banda O Terno (Que vai estar no Lollapalooza 2018), propõe um ambiente intimista e com composições bastante sentimentalistas. Ouça e diga o que achou:

Sound Bullet – Terreno

Mais um lançamento brazuca de setembro é o “Terreno”, dos cariocas da Sound Bullet. Esse é o primeiro disco do grupo, que já havia aparecido bem com o EP “Ninguém Está Sozinho” (2013). Ouça a mistura de indie rock e rock alternativo dos caras:

Bergamota – Oscilação

Quarteto carioca formado por Lucas Fernandes (guitarra), Lucas Machado (guitarra e vocal), Amon Deister (baixo) e Gabriel Medeiros (bateria), mistura influências do rock progressivo, stoner rock e Indie rock, e lançam pelo selo Crooked Tree Records seu disco de estreia, intitulado “Oscilação”. Mais uma banda nacional pra você curtir!

The Flying Eyes – Burning Of The Season

Mais um belo lançamento do selo Abraxas, “Burning Of The Season” é o quarto disco dos norte-americanos The Flying Eyes. Com muitas distorções, psicodelia pedindo passagem pro protagonismo, riffs afloradíssimos e o vocal envolvente de William Kelly, “Burning Of The Season” é de fato um ótimo disco.

Quarto Ácido – Paisagens e Delírios

A Abraxas na lista de novo e agora trazendo coisa boa pros fãs de instrumental. “Paisagens e Delírios” é novo álbum do Quarto Ácido, que tem uma roupagem influenciada pelas maravilhas sonoras da década de 70 e pelo stoner rock noventista.

 

Lançamento: Ouça agora “Terreno”, novo disco da Sound Bullet

Por Felipe Sousa | @felipdsousa | Arte @ThiagoModesto

 

Após o EP “Ninguém Está Sozinho” (2013), os cariocas da Sound Bullet lançaram nessa sexta-feira, pela Sagitta Records, seu disco de estreia intitulado “Terreno”.

O disco conta com a participação de Aline Lessa, e foi produzido por Patrick Lapan (Los Hermanos, Rodox), mixado por Pedro Gracia e masterizado no Hansek Audio, em Seattle (EUA). São onze canções que falam, entre outras coisas, de empatia, relações interpessoais, otimismo e provocamentos sobre a “vida real”.

A Sound Bullet ganhou força principalmente em 2015 com o single “When It Goes Wrong”, que tem mais de 700 mil plays no spotify. Em “Terreno”, a banda traz um som flertando com o rock alternativo, indie rock e math rock. “Amanheci”, segunda faixa do disco, já ganhou um clipe e você pode assistir clicando aqui.

A Sound Bullet é Guilherme Gonzalez (guitarra e voz), Fred Mattos (baixo e voz), Henrique Wuensch (guitarra) e Pedro Mesquita (bateria), e está presente em todas as plataformas digitais.

Ouça “Terreno” e compartilha com ox amigxs:

 

 

Siga o Canal RIFF: YoutubeFacebook | Twitter | Instagram

Paradise Lost, Anathema, All Time Low… confira a agenda de shows da semana!

Feriadão de 7 de setembro terminando, baterias recarregadas, e hora de se programar para mais uma semana repleta de shows legais.  O Rio de Janeiro receberá uma penca de artistas internacionais, como por exemplo Paradise LostAnathema All Time Low.

Confira a Agenda de Shows do RIFF e se programe direitinho. E, lembre-se: acontecendo algum show imperdível é só nos avisar nas redes sociais que recomendamos por aqui – indique pela hashtag #AgendaRIFF.

TERÇA – 8 de setembro
Paradise Lost + Anathema (Circo Voador)

Anathema

Anathema se apresenta no Circo nesta terça (Foto: Caroline Traitler) 

SEXTA – 11 de setembro
11 – Biquíni Cavadão + Ultravolts (Quadra do Salgueiro)
11 – At the Gates + Hatefulmurder (Teatro Odisseia)
11 – Facção Caipira +  Sonics + Balba (E.Klub)

Biquini Cavadão

Sexta é dia do Biquini Cavadão visitar o Salgueiro (Foto: Laura Tardin)

SÁBADO – 12 de setembro
12 – Sound Bullet + Pessoal da Nasa + La Nuova + Nargis (Espaço Marun)
12 – All Time Low (Sacadura 154)