A arte do Levante Metal nativo no Thrash Metal brasileiro

Por Raphael Simons I @raphasimons

E quando uma banda brasileira dedica-se a unir ao thrash metal letras que contam trechos sobre a nossa história e questões políticas sociais. E quando essa mesma banda nos surpreende com a divulgação da capa do seu novo álbum, intitulado The Last of The Guaranis – nome de uma das canções. Estamos falando da banda de metal nativo Tamuya Thrash Tribe.

“A intenção é chamar a atenção para a questão da demarcação de terras indígenas no Brasil. Para os povos indígenas, a terra é mais que um lugar para viver e cultivar. Suas terras são sagradas, sua existência é intrinsecamente ligada à ela, e tirá-los de seu território é roubar-lhes a vida, e nesse caso, o sentido de sua existência. E isso tem levado diversos indígenas a cometerem suicídio, inclusive mulheres e crianças. O assunto não é novidade, isso vem acontecendo há décadas, mas ninguém parece estar prestando atenção”, essas são as palavras do vocal/guitarra Luciano Vassan sobre a capa do álbum. A banda conta ainda com Leonardo Emmanoel (guitarra), JP Mugrabi (baixo) e Bruno Rabello (bateria).

TTT-COVER-12

A inspiração da arte surgiu a partir de uma fotografia de Steve McCurry fotojornalista mundialmente conhecido por seus registros de pessoas em estado de vulnerabilidade e regiões de conflito. Suas fotos já lhe renderam diversas capas em revistas ao redor do mundo, além de acumular uma vasta lista de prêmios.

O conceito da capa foi elaborado por Luciano Vassan junto com Isabelle Araujo, artista plástica convidada para criar a arte do álbum. Ao primeiro olhar, visualizando a parte da frente,trata-se apenas de um indiozinho com um olhar de sofrimento, mas seu sentido só é desvendado quando se analisa a arte como um todo.

O novo disco do Tamuya Thrash Tribe virá em um formato especial duplo, contendo o novo álbum e uma versão remasterizada do EP de estreia da banda, “United” (confira abaixo o clipe de Immortal King), com a bateria e baixo regravados pela formação atual. O álbum (que será lançado em julho, quando se inicia a agenda de shows) conterá também duas faixas bônus. Será em digipack e edição limitada.

O álbum traz as participações de Marcelo D2, João Cavalcanti (filho de Lenine e vocalista do Casuarina), Zahy Guajajara (índia Guajajara), Coral de Crianças Guarani Mbya e Gleyds Granden (Mãe de Santo), além dos percussionistas Paula Perez, Dudu Bierrenbach e Mario Mamede.

Confira mais sobre o TTT no site oficial: http://www.tamuyathrashtribe.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s