Arquivo da tag: Novas Bandas Nacionais

RIFF Indica #2: Cidade Dormitório

Por Felipe Sousa | @Felipdsousa | Foto Juliana Teixeira

 

Um tanto setentista, indie, alternativo e vocais pra lá de chapados. Saca o som da Cidade Dormitorio, banda sergipana.

Mais uma indicação aqui no RIFF, galera. E dessa vez saímos do eixo Rio-São Paulo e fomos até Aracajú (SE) trazer mais um som massa demais. Confira:

Foi em um corre danado lá em Sergipe, dois anos atrás, que Yves Deluc (Vocal e guitarra), Lauro Francis (Baixo), Heder Nascimento (Guitarra) e Fabio Aricawa (Bateria e backing vocals) formaram a Cidade Dormitório.

Com um vocal cheio de personalidade, letras criativas, sutis e irônicas, neo grunge cheio de originalidade, um lo-fi querendo protagonismo, a psicodelia não se deixando esquecer… O som da Cidade Dormitório é uma mescla de referências distintas e um resultado uniforme, original bonito, feliz e triste.

Em janeiro desse ano eles lançaram pelo selo independente Banana Records, o seu primeiro EP intitulado “Esperando o Pior”, e não é por nada não, mas, esse é um dos melhores discos que ouvi esse. Também em janeiro, saiu um clipe pra faixa “Setas Azuis”.

O EP contém 4 faixas faixas que que versam principalmente sobre o cotidiano, amor, desamor e como já foi dito, uma carga de psicodelia e indie rock incrivelmente deliciosa de ouvir. E é bom ficar ligado a partir de agora, porque eu ouvi dizer por aí que tem álbum completo pra sair.

Acompanhe a Cidade Dormitório: Facebook | Youtube | Spotify

Siga o Canal RIFF: Youtube | Facebook | Twitter | Spotify

 

Anúncios

Lançamento: Ouça “Ato Três”, novo e ótimo álbum da RADIOATIVA

Por Felipe Sousa | @Felipdsousa  Foto @MarjorySales

 

Quinteto carioca divulgou no último dia sete de outubro o seu terceiro disco de estúdio, intitulado “Ato Três”.

Fundada em 2009, no Rio de Janeiro, a RADIOATIVA vem ganhando espaço na cena underground e desde 2012, ano do lançamento do seu primeiro EP, “Acredite”, esse espaço é acompanhado de grande destaque através de um som muito bem feito. A Radioativa ainda tem lançado o EP “Se Ainda Há Razão”, e quatro clipes produzidos de forma totalmente independente.

O grupo que já abriu shows de Chunk! e Evanescense fazendo um pop punk de ótima qualidade, com arranjos de guitarras bem elaborados e com os vocais marcantes da Ana Marques, é pra mim uma das bandas mais legais do Rio de Janeiro. Outro destaque da banda, é a presença de palco da Ana, liderando o grupo há quase dez anos na estrada e deixando claro algo que deveria estar: A mulher faz uma put@ diferença no palco. E cada vez mais têm que subir nele e “quebrar” tudo.

Agora em “Ato três”, quatro personagens chegam a um estágio de reflexão sobre suas trajetórias e tentam definir os próximos passos de um destino incerto, porém cheio de esperança. O novo projeto tem sete faixas, incluindo “Inverno” que já ganhou clipe, e traz em suas composições muito dos sentimentos comuns a todas as pessoas, esperança, saudade, batalha, acreditar em um futuro bom.

Eu ouvi e curti muito!

RADIOATIVA é Ana Marques (Vocal), Felipe Pessanha (Guitarra/Sintetizador), Fabricio Oliveira (Guitarra), Rodrigo Aranha (Bateria) e Cris Gadelha (Baixo). Conheça um pouco mais do quinteto no Facebook Oficial da banda e ouça “Ato Três” no seu Canal Oficial no Youtube.

 

 

Siga o Canal RIFF: Youtube | Facebook | Twitter