Fotos! Fotos! Fotos! Reviva os melhores momentos do Prêmio RIFF 2016

Hora de relembrar e matar as saudades da cerimônia de entrega do 2º Prêmio RIFF de Música, que aconteceu no dia 1º de dezembro de 2016 no Teatro Odisseia. Bom, até aí você já sabe, né? A noite teve entrada franca e contou com showzaços das bandas El Toro Fuerte, Def, Hover e Versalle.

No Facebook do Canal RIFF (clique aqui) você encontra todas as fotos tiradas pelo fotógrafo Rodnei Rosa. Segue abaixo algumas prévias – que já nos deixam com sede de um novo Prêmio RIFF em 2017!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resenha: O amor existe + Jéf @Vizinha123

Por Natalia Salvador  | @_salvadorna 

O Happy Hour do dia 23 de novembro foi repleto de sentimentos. A combinação O amor existe e Jéf encantou os corações apaixonados e os casais que foram para a Vizinha 123, em Botafogo. Os shows inéditos na capital carioca foram recebidos com muito calor, carinho e apoio vocal do público. “Não imaginava que seria assim a recepção, foi muito bonito e emocionante”, afirmou o gaúcho Jéf.

O escritor e músico, Leandro Neko, foi quem abriu a noite e apresentou para os cariocas o projeto O amor existe, que une crônicas, música e convidados especiais. Em entrevista ao Canal RIFF, Neko afirmou que todos os dois EP’s e CD já lançados foram feitos com importantes parcerias, como Uyara Torrente (A banda mais bonita da cidade), Lucas Silveira (Fresno), Jéf e Anna Sofya, que participou do recém lançado CD Transbordar.

“E eu já estou para lançar uma música nova com a participação de uma amigona minha lá de Curitiba, cada vez chamando mais gente para agregar né. Estão para sair coisas bem legais por ai”, contou.

O show se desenrolou leve entre músicas e conversas. O setlist passeou entre canções dos 2 EP’s, como ‘Coração de Isopor’ e ‘Como meu coração foi gostar do teu?’, além de músicas do CD e o single ‘Eu também não é eu te amo’, lançados em 2016. O gaúcho ainda apresentou sua primeira composição para a banda Tópaz, onde é baterista, ‘Saudade de sentir saudade’ e deixou os fãs eufóricos.

Jpeg

Em seguida, quem subiu ao palco foi o cantor e compositor Jéf, que nesse ano, além de se apresentar em diferentes cidades do Brasil, esteve presente no festival SXSW, em Austin, Texas (EUA). “Foi uma experiência incrível! Eu saí do país pela primeira vez, sem saber falar inglês direito, e tinha gente lá cantando as minhas músicas. Foi bem legal”, lembrou. Sem banda, o cantor se apresentou para um público cheio de carinho e músicas como ‘Rema e acredita’, ‘Quando você voltar’ e ‘Tão pra lá’ na ponta da língua.

Além de projetos para produção de um novo CD, Jéf contou ao RIFF que, em 2017, estreia nas telonas como protagonista de um musical chamado ‘A maré’. “Eu também fiz a trilha do filme, são músicas novas e estão bem legais. Eu gosto muito de cinema né, o coração bate diferente”, acrescentou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem já curte o som dos projetos a dica é ficar de olho nas novidades que estão por vir no próximo ano e torcer para Neko e Jéf voltarem logo para a cidade maravilhosa, por eles parece que tudo bem essa ideia. E se você ainda não sabe do que eu estou falando, vale a pena conhecer o trabalho desses dois gaúchos!

Conheça todos os vencedores do Prêmio RIFF de Música 2016!

O Canal RIFF viveu neste dia 1º de dezembro o dia mais louco de seus quatro anos de história. Graças a quatro bandas incríveis e mais de 350 pessoas que passaram pelo Teatro Odisseia, no centro do Rio de Janeiro. A entrega do Prêmio RIFF de Música 2016 teve shows lindos da El Toro Fuerte, Def, Hover e Versalle.

A noite reuniu também os produtores e colaboradores do coletivo de audiovisual RIFF. Pelo segundo ano seguido distribuíram troféus para várias categorias – 13 ao todo. Oito nacionais e cinco internacionais.

Os grandes vencedores da noite foram Scalene e David Bowie, cada um com duas premiações. Destaque também para a premiação de ‘Melhor Instrumentista’ para a baterista Larissa Conforto, a única presente que de fato levou o troféu – afinal, Larissa, baterista da Ventre, tocou com a El Toro Fuerte.

Ao todo foram mais de 2500 votos recebidos de todo o país – e de vários cantos do mundo. O RIFF deixa aqui o seu MUITO obrigado a todos que participaram de alguma forma desta premiação! Ano que vem tem mais! :)


Confira abaixo todos os vencedores através do voto popular:

INSTRUMENTISTA DO ANO: Larissa Conforto (Ventre/Xóõ) 

15284021_10154079315181961_3455480383611469809_n

MELHOR CLIPE – INTERNACIONAL: ‘Lazarus’ (David Bowie)

15202643_10154079314341961_9034536472322632465_n

MELHOR CLIPE – NACIONAL: ‘Ai, Ai, Como Eu Me Iludo’ (O Terno)

15193649_10154079316781961_1568252109740787126_n

MÚSICA DO ANO – INTERNACIONAL: ‘Burn The Witch’ (Radiohead)

15326587_10154079314106961_6770171474869546173_n

MÚSICA DO ANO – NACIONAL: ‘Vultos’ (Scalene)

15327284_10154079315681961_6345846632102014818_n

SHOW DO ANO – INTERNACIONAL: Guns N’ Roses

15319321_10154079314251961_5254315699299204729_n

SHOW DO ANO – NACIONAL: Scalene

15327367_10154079316681961_1510191155427910818_n

ÁLBUM DO ANO – INTERNACIONAL: ‘Blackstar’ (David Bowie) 

15284841_10154079314146961_8825959357233132915_n

ÁLBUM DO ANO – NACIONAL: ‘Sabotage’ (Sabotage)

15220210_10154079316576961_8894163643960523995_n

BANDA/ARTISTA DO ANO – INTERNACIONAL: Twenty One Pilots    15241934_10154079314661961_4665252792596435102_n

BANDA/ARTISTA DO ANO – NACIONAL: Pense

15319204_10154079316961961_1387624116517010489_n

REVELAÇÃO 2016: Plutão Já Foi Planeta 

15285028_10154079316251961_7294193461960569087_n

MÍDIA DE MÚSICA: Tenho Mais Discos Que Amigos

15181636_10154079316046961_8060084663550351213_n


Em breve fotos e vídeos do Prêmio RIFF. Siga nossas redes sociais para mais detalhes!